Saúde

Tratamentos caseiros para pele oleosa

A pele oleosa acontece quando as glândulas sebáceas da pele produzem muito sebo. O sebo é a substância oleosa e cerosa que protege e hidrata a pele.

O sebo é vital para manter a pele saudável. No entanto, excesso de sebo pode levar à pele oleosa, poros entupidos e acne. O controle da pele oleosa geralmente requer que uma pessoa faça do hábito cuidados com a pele regularmente.

Neste artigo, falamos sobre remédios caseiros para ajudar a reduzir a pele oleosa sem medicamentos com receita médica.

Sintomas

A pele oleosa freqüentemente afeta o rosto. Os sintomas da pele oleosa incluem:

  • uma aparência brilhante ou oleosa
  • poros muito grandes
  • pele que parece grossa ou áspera
  • espinhas ocasionais ou persistentes
  • poros entupidos e cravos

Pessoas com pele oleosa podem ter problemas para encontrar maquiagem adequada à sua pele, pois a maquiagem pode se misturar com o sebo, proporcionando uma consistência diferente.

Os sintomas da pele oleosa e sua gravidade variam entre as pessoas. A genética pode ter um papel importante na oleosidade da pele.

Alterações hormonais ou altos níveis de estresse também podem aumentar a produção de sebo oleoso pelo organismo.

Tratamento

Aqui, apresentamos cinco maneiras pelas quais uma pessoa pode reduzir os sintomas da pele oleosa, se isso for problemático.

1. Lave regularmente

Lavar regularmente pode reduzir a quantidade de óleo na pele. Os seguintes métodos são recomendados para lavar a pele oleosa:

  • Lave com sabão neutro e água morna.
  • Evite sabonetes com fragrâncias, hidratantes adicionados ou produtos químicos agressivos, que podem irritar ou secar a pele, fazendo-a responder criando mais sebo.
  • Evite buchas e panos ásperos, pois o atrito adicional pode estimular a pele a produzir mais óleo.

Se isso não for eficaz, alguns produtos medicinais para tratamento da acne podem ajudar. Esses produtos contêm ácidos que podem combater a pele oleosa, como:

  • ácido salicílico
  • ácido glicólico
  • ácido beta-hidroxi
  • peróxido de benzoílo

Esses ácidos podem ser irritantes para alguns tipos de pele. Ao abrir um novo produto, use-o em uma pequena área da pele primeiro para ver como o corpo reage.

Escolher os produtos de limpeza faciais certos pode funcionar bem para algumas pessoas. Um estudo de 2015 descobriu que um limpador facial suave feito com laureth carboxylate e alquil carboxylates de sódio foi eficaz no combate à acne facial moderada, embora tenha aumentado a produção de sebo em algumas áreas da face.

Para muitas pessoas que simplesmente têm pele oleosa e não acne, sabão de glicerina sem perfume e água quente podem fazer o truque.

2. Seque o rosto

Ao secar o rosto após lavar e usar o toner, as pessoas devem secar suavemente a pele com uma toalha macia.

Isso deve ser feito com cuidado, no entanto. Não é recomendável puxar a pele com uma toalha ou usar um pano áspero, pois pode estimular a pele a criar mais sebo.

3. Use papel absorvente

Muitas empresas fabricam papéis absorventes, que são papéis absorventes especialmente projetados que retiram o óleo da pele.

Os papéis absorventes não tratam a produção de sebo na pele, mas podem ser usados ​​para retirar o excesso de óleo da pele ao longo do dia para torná-la menos brilhante.

Uma pessoa também pode experimentar absorventes de pano que são medicados com ingredientes de limpeza conhecidos, como ácido salicílico ou ácido glicólico. Isso pode ajudar a remover o excesso de óleo ao longo do dia, enquanto limpa os poros e a pele.

4. Use uma máscara facial

Certas máscaras faciais podem ser benéficas para o tratamento de pele oleosa. Estas podem conter ingredientes como:

  • Argila. Máscaras contendo minerais como esmectita ou bentonita podem absorver óleos e reduzir o brilho da pele e os níveis de sebo sem irritar a pele. Use-os apenas ocasionalmente para impedir a pele secar e aplique um hidratante suave depois.
  • Mel. Um estudo de 2011 relata que o mel cru natural tem qualidades antibacterianas e anti-sépticas. Uma máscara facial de mel de 10 minutos pode reduzir a acne e a pele oleosa, mantendo a pele macia.
  • Aveia. Máscaras contendo aveia coloidal podem ajudar a limpar a pele, como sugerido em um estudo de 2014. A aveia contém saponinas de limpeza, antioxidantes e compostos anti-inflamatórios que podem acalmar a pele irritada.

5. Aplique hidratantes

Enquanto muitas pessoas com pele oleosa evitam os hidratantes, com medo de que sua pele pareça mais oleosa, usar os hidratantes certos pode beneficiar esse tipo de pele.

Para pessoas com pele muito oleosa, um hidratante sem óleo pode ajudar a manter a pele úmida e protegida, sem que ela se sinta oleosa.

Um estudo de 2014 sugere que o aloe vera pode ser um bom hidratante para o tratamento de acne e pele oleosa.

Certos compostos do aloe vera podem ter um efeito naturalmente calmante sobre a pele. O estudo observou que um produto deve ter pelo menos 10% de aloe para ser um hidratante eficaz.

Algumas pessoas optam por usar gel de aloe puro para hidratar, mas precisam estar cientes dos ingredientes ocultos, especialmente o álcool desnaturado, que pode secar e irritar a pele.

Prevenção

A pele oleosa que está ligada à genética pode ser difícil de prevenir. Mesmo a pele oleosa causada por alterações hormonais é difícil de controlar.

A melhor prevenção para a pele oleosa é o indivíduo encontrar uma rotina consistente de cuidados com a pele que funcione e cumpri-la.

Quando a pele oleosa surge, pode ser tentador escondê-la com maquiagem. No entanto, certos produtos, principalmente produtos à base de óleo, podem piorar os sintomas ou entupir os poros.

Maquiagem à base de água pode ser uma opção melhor para alguns, enquanto outros acham que usar maquiagem não funciona melhor para a pele.

Muitas pessoas também dizem que sua dieta é o que impede sua pele de agir. Pode ajudar a manter-se hidratado, evitar alimentos gordurosos e gorduras trans e comer uma dieta equilibrada e cheia de alimentos integrais.

Conclusão

O teste final de eficácia é uma experiência pessoal. Uma pessoa deve encontrar uma rotina que funcione para ela e cumpri-la. Uma opção seria consultar um dermatologista e trabalhar com ele para anotar as atividades diárias e os fatores que podem causar pele oleosa.

É essencial testar qualquer produto ou método em um pequeno pedaço de pele primeiro para observar qualquer reação da pele. Se a pele reagir mal a um determinado produto, ela não deve ser usada novamente e as pessoas devem consultar um dermatologista para outras opções.

Artigos relacionados a “Tratamentos caseiros para pele oleosa”.

Alimentos que contém vitamina E

Deixar comentário